Costa Rica descarta 736 casos suspeitos de gripe

San José, 12 mai (EFE).- As autoridades da Costa Rica informaram hoje que até o momento já foram descartados 736 casos suspeitos de gripe suína no país, onde uma pessoa já morreu por causa da doença.

EFE |

O Ministério da Saúde costarriquenho indicou em comunicado que, dos 840 casos suspeitos, 736 foram descartados, 10 foram confirmados por um laboratório local e outros 94 aguardam resultados de testes.

"A transmissão do vírus em casos confirmados na Costa Rica esteve restrita a pessoas que viajaram ao México e a contatos familiares próximos ou amigos de pessoas cujos casos foram confirmados. Não há transmissão comunitária", ressaltou o Ministério da Saúde do país.

As autoridades também realizam investigações em diversas regiões da Costa Rica que foram visitadas por um coro de Boston, Estados Unidos, do qual três integrantes foram diagnosticados em seu país com a gripe.

O grupo de americanos esteve na Costa Rica entre os dias 17 e 28 de abril.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE dmm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG