Costa Rica confirma 9ª morte por gripe e 428 casos desde maio

San José, 16 jul (EFE).- O ministério da Saúde da Costa Rica confirmou hoje a nona morte em decorrência de gripe suína, além de 428 casos positivos, desde o início do surto no país, em maio, e pediu que a população mantenha as medidas de prevenção.

EFE |

A nona vítima fatal é um homem de 51 anos, que tinha diabetes e hipertensão e morreu no sábado por uma pneumonia severa, explicou à imprensa a ministra costarriquenha da Saúde, María Luisa Ávila.

Esta é a quinta morte em decorrência da doença registrada na Costa Rica desde o fim de semana.

As outras quatro mortes correspondem a um jovem de 24 anos, que tinha obesidade mórbida e era fumante, uma mulher de 25 anos e com 20 semanas de gravidez, um homem de 44 anos que tinha uma infecção bacteriana e um jovem de 20 anos com paralisia cerebral.

As autoridades costarriquenhas contabilizam 428 casos confirmados da gripe, desde sua chegada ao país em maio. Pelo menos 25 deles continuam internados em hospitais.

María Luísa disse que a Costa Rica se encontra na "parte alta da onda pandêmica", etapa que deve durar outras duas semanas.

A Costa Rica é o país com mais mortes pelo vírus na América Central, situação que a ministra atribui ao fato de que o país conta com um dos melhores sistemas de saúde da América Latina, o que permite uma melhor detecção de casos.

Também disse que Costa Rica é a nação "que mais reporta e mais investiga casos" e que é possível que na América Central haja menos registros de casos da gripe que o número real de infectados.

A ministra insistiu que a população deve reforçar as medidas de prevenção e de higiene, como lavar as mãos constantemente e cobrir a boca e nariz ao espirrar ou tossir.

Também recomendou às pessoas com sintomas de gripe que evitem lugares públicos muito movimentados e que vão aos centros de saúde para fazer o teste da doença.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE dmm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG