Costa Rica confirma 9 casos da gripe e descarta outros 395

San José, 7 mai (EFE).- As autoridades de saúde da Costa Rica informaram hoje que foram confirmados nove casos de gripe suína através de análises locais, que outras 395 ocorrências suspeitas foram descartadas e que 137 estão sendo estudadas.

EFE |

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

O médico Daniel Salas, porta-voz do Ministério da Saúde, declarou hoje em entrevista que dos nove casos confirmados em laboratório local, até o momento só um foi ratificado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) dos Estados Unidos.

As autoridades esperam que, durante esta semana, o CDC envie os resultados definitivos dos outros oito casos.

O médico explicou que, do total de casos confirmados localmente, só dois exigirão hospitalização: um homem de 53 anos que já está internado, e uma menina de 11 anos que recebeu alta na quarta-feira.

Até o momento, as autoridades costarriquenhas não reportam casos da doença que tenham tido origem no país, ou que tenham ocorrido em uma mesma comunidade.

Salas reiterou que "não se deve baixar a guarda" com este vírus e afirmou que os 541 casos suspeitos analisados até o momento são uma mostra de que o sistema de saúde está funcionando efetivamente. EFE dmm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG