Costa Rica confirma 21 mortes da gripe

San José, 28 jul (EFE).- O ministério da Saúde da Costa Rica confirmou hoje que o número de mortos pela gripe suína no país chegaram a 21, com a morte de quatro pessoas nos últimos dias.

EFE |

Em comunicado, as autoridades de Saúde confirmaram as mortes, mas não deram detalhes sobre as últimas vítimas, das quais se sabe que apresentavam fatores de risco como diabetes ou dependência ao cigarro.

Os 21 falecidos (14 homens e 7 mulheres) têm entre 20 e 75 anos, dos quais 7 casos se encontram agrupados na categoria de 20 a 29 anos; 2 casos entre 30 a 39 anos, 5 entre 40 e 49 e 7 tinham idades superiores aos 50 anos.

O vírus é encontrado em sete províncias do país e em seis delas foram registradas mortes: San José (11), Heredia (4), Alajuela (3), Puntarenas (1), Limón (1) e Cartago (1).

A província de Guanacaste (Pacífico) é a única onde não houve mortes pela gripe.

O ministério da Saúde contabiliza 668 pessoas contagiadas com o vírus desde sua aparição no país em maio e se reportam quatro crianças hospitalizadas, mas em bom estado.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE dmm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG