Costa leste dos EUA tenta voltar à vida normal depois das nevascas

Centenas de equipes de emergência limpavam nesta segunda-feira inúmeras estradas bloqueadas pela nevasca que caiu sobre a costa leste dos Estados Unidos no fim de semana e trabalhavam para tentar restaurar a energia elétrica de milhares de casas, antes que uma nova tempestade de neve atinja a região.

iG São Paulo |

Apesar dos esforcos, a capital americana continua em grande parte paralisada: os prédios do governo federal permanecerão fechados durante pelo menos mais um dia e dezenas de escolas e empresas decidiram não abrir sua portas nesta segunda-feira.

Laura Southard, do centro de gestão de emergência de Virgínia, assinalou que a situação continuará comprometida na região durante toda a semana. O Serviço Meteorológico Nacional emitiu uma advertência de tempestade de neve para a tarde de terça-feira até a tarde de quarta.

As autoridades advertiram sobre as perigosas condições de viagem, com estradas transformadas em pistas de patinação depois da gigantesca tempestade que causou nevascas recorde de mais de um metro na zona da Virginia, Maryland e a capital Washington.


Trator que deveria limpar estradas fica preso sob a neve no domingo em Washington / AP

Apesar de gradualmente a vida começar a voltar à normalidade nesta segunda na capital, com a abertura de algumas lojas e cafés, o transporte público ainda funcionava parcialmente.

As autoridades anunciaram que cerca de 40 estações de metrô continuam fechadas um dia a mais e o serviço de ônibus ficará limitada às principais artérias da cidade e apenas das 9h às 19h horas.

Mortes

Dois homens foram encontrados mortos em um carro no domingo na cidade de Bladensburg, na periferia de Washington, supostamente por intoxicaçao com monóxido de carbono, informou o Washington Post.

Essa também parece ter sido a causa da morte de seis pessoas encontradas no domingo em uma casa do subúrbio de Washington Oxon Hill.

A maior nevasca dessa tempestade apelidada "Snowmageddon" (apocalipse de neve) aconteceu no pequeno povoado de Colesville, centro de Maryland, que ficou coberto por 101 cm de neve, indicou o Centro Nacional de Meteorologia.


Washington está coberta de neve desde sábado / AP

Milhares de pessoas passaram a madrugada gelada na base de velas e cobertos por mantas, sem energia elétrica ou calefação. Na noite de domingo, mais de 100 mil clientes continuavam sem eletricidade na área metropolitana de Washington.

    Leia tudo sobre: nevasca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG