Corte Suprema de Iowa aprova casamento homossexual

Washington, 3 abr (EFE).- A Corte Suprema de Iowa abriu hoje o caminho em direção ao casamento entre pessoas do mesmo sexo no estado, que se transformou, assim, no terceiro dos Estados Unidos a permitir este tipo de união, depois de Connecticut e Massachusetts.

EFE |

A resolução da Corte Suprema, que declara inconstitucional uma lei de 1998 que limitava o conceito legal de casamento à união entre um homem e uma mulher, permitirá que os homossexuais do estado que se casem a partir de 24 de abril.

A legalização é fruto da audiência de um caso de seis casais do mesmo sexo que, em 2005, denunciaram um juiz do condado de Polk que tinha se negado a conceder licenças de casamento.

O estado de Iowa é o primeiro da região central do país a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A medida pretende ainda ressaltar a independência do Poder Judiciário frente à pressão das diversas comunidades religiosas do estado, que, em sua maioria, se opõem ao casamento gay.

O tribunal ressaltou que sua decisão não afetará "a liberdade de cada organização religiosa de definir o casamento de acordo com suas crenças".

No entanto, a decisão já gerou críticas, e várias organizações civis afirmaram que apresentarão um recurso constitucional perante o órgão legislativo do estado.

Caso a proposta seja levada adiante, o recurso só poderia ser submetido a um plebiscito a partir de 2012.

O senador republicano Paul McKinley se mostrou hoje "decepcionado" com a resolução, e ressaltou a "necessidade imediata" de modificar a Constituição. EFE llb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG