Corte se recusa a pedir resultado eleitoral no Zimbábue

A Suprema Corte do Zimbábue se recusou, nesta segunda-feira, a ordenar a divulgação imediata dos resultados das eleições presidenciais de 29 de março. A oposição havia feito o pedido como forma de pressionar a comissão eleitoral do país. Até o momento, nenhum resultado oficial das eleições presidenciais foi divulgado.

Redação com agências |

"O recurso foi negado, com os custos judiciais a cargo do autor do recurso", anunciou o juiz Tendai Uchena. O Movimento pela Mudança Democrática, liderado por Morgan Tsvangirai, era o autor da ação.

Tsvangirai é o principal rival na eleição do atual presidente do país, Robert Mugabe. Há 28 anos no poder, Mugabe é acusado pelos oposicionistas de tentar fraudar as eleições. O atual líder nega as acusações.

(*com informações das agências Efe e AP)

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG