Quito, 4 ago (EFE).- O presidente do Equador, Rafael Correa, se reuniu com a senadora opositora colombiana Piedad Córdoba, informou hoje à Agência Efe uma fonte da Presidência.

A reunião, realizada na sede do Governo no centro histórico de Quito, durou duas horas e foi de caráter reservado, disse a fonte.

Córdoba foi mediadora nomeada pelo presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, junto a guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para a libertação de seqüestrados por esse grupo.

Apesar da mediação para a libertação de seqüestrados ter sido suspensa pelo presidente Uribe, a senadora continuou com suas gestões, a pedido de parentes de seqüestrados.

A visita de Córdoba acontece cinco meses depois de o Governo do Equador decidir romper relações diplomáticas com a Colômbia pelo ataque militar realizado pelo Exército colombiano em 1º de março contra um acampamento das Farc em território equatoriano.

Nessa operação, morreram 26 pessoas, entre elas, o então porta-voz internacional das Farc, "Raúl Reyes". EFE jc/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.