Quito, 8 nov (EFE) - O presidente equatoriano, Rafael Correa, afirmou hoje que não prevê mudanças significativas na relação do novo Governo dos Estados Unidos com a América Latina, mas elogiou a eleição do democrata Barack Obama.

A vitória do senador por Illinois "deixou a maioria do planeta feliz", destacou o chefe de Estado equatoriano, mas insistiu em que não acredita "que mude muito a política externa (dos EUA) com relação à América Latina".

"Sim, é muito reconfortante ver que em um país onde há 40 anos ainda havia segregação racial um negro chegue ao poder", destacou Correa em seu programa de rádio dos sábados.

"Essa é uma verdadeira lição de democracia", reiterou, após expressar "felicitações ao presidente Barack Obama, felicitações a todo o povo americano". EFE fa/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.