Correa reivindica vitória eleitoral esmagadora no Equador

QUITO - O presidente do Equador, Rafael Correa, afirma ter conseguido vitória esmagadora nas eleições gerais deste domingo que, segundo três pesquisas de boca-de-urna o situam vencedor, com uma histórica reeleição para um novo mandato de quatro anos.

AFP |

"Minhas primeiras palavras são de profundo agradecimento ao povo equatoriano dentro e fora da pátria (...) por essa vitória esmagadora", disse Correa em entrevista à imprensa, na cidade de Guayaquil.

O chefe de Estado foi reeleito para um novo período de governo, até 2013, com cerca de 55% dos votos, segundo os resultados anunciados por três pesquisas de boca-de-urna.


Rafael Correa vota em Quito

Eleição neste domingo

O chefe de Estado votou mais cedo em Quito, deslocando-se para Guayaquil para acompanhar também a irmã Pierina, candidata à prefeitura desse porto, que se mantém como reduto da oposição.

No total, cerca de 10 milhões de eleitores compareceram às urnas neste quarto processo eleitoral no país, nos últimos dois anos e meio, e o primeiro sob a atual Constituição, aprovada em referendo em setembro.

Além do presidente da República, estão sendo eleitos os ocupantes para cerca de 6.000 cargos, entre governadores e conselheiros municipais (vereadores) e provinciais.

Leia mais sobre Equador

    Leia tudo sobre: equador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG