Correa quer fortalecer Equador no exterior com visita a Cuba

Quito, 5 jan (EFE).- A visita oficial que o presidente equatoriano, Rafael Correa, fará a partir da próxima quinta-feira a Cuba procura estreitar os laços de amizade com a ilha e fortalecer a posição geopolítica do Equador, informou hoje a Chancelaria em Quito.

EFE |

"A visita tem como objetivo estreitar os laços políticos bilaterais e fortalecer o posicionamento geopolítico do Equador", assinala um comunicado da Chancelaria, no qual informa sobre a agenda de Correa em Havana.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores equatoriano, a visita permitirá ainda ampliar "a cooperação em temas de saúde, educação, economia energética, ciência e tecnologia e gestão de riscos".

A viagem deve servir também para analisar assuntos comerciais e promover "a solidariedade entre os países da América Latina e do Caribe", diz a nota.

Correa viajará na quarta-feira a Havana, junto aos ministros das Relações Exteriores, de Política, Saúde, Educação, Cultura, Eletricidade, Agricultura, Trabalho, Produção e Esporte.

Durante a visita, que se estenderá até sábado, Correa prevê se reunir com o presidente cubano, Raúl Castro. EFE fá/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG