Correa não estará presente na abertura das eleições equatorianas

Quito, 25 abr (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, não estará presente neste domingo à cerimônia de abertura das eleições gerais do país por considerar que não deve fazê-lo, já que concorre à reeleição.

EFE |

A cerimônia será realizada amanhã às 6h30 locais (8h30 de Brasília), meia hora antes da abertura dos colégios eleitorais.

O chefe do Estado enviou uma carta ao presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Omar Simon, na qual explica seus argumentos.

Correa delegou a seu ministro da Justiça, Gustavo Jalkh, a função de representá-lo na cerimônia.

"Este processo reafirma nossa crença e devoção na autêntica democracia, por meio da qual os povos se expressam e definem seu destino", diz o presidente na carta.

Correa parte como favorito para se reeleger amanhã frente a sete candidatos opositores. EFE fa/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG