Correa fica em 3º na apuração de eleições equatorianas no Brasil

Quito, 27 abr (EFE).- O presidente e candidato a reeleição, Rafael Correa, ficou em terceiro lugar segundo os votos emitidos no Consulado do Equador do Brasil referentes às eleições gerais no país.

EFE |

No Brasil, onde terminou a apuração oficial, o ex-presidente Lúcio Gutiérrez ficou em primeiro lugar, com 33,3% dos votos, enquanto Noboa vem em segundo, com 30,3%, e Correa aparece apenas em terceiro, com 18,8%.

O resultado do Brasil contrasta com o de Cuba que, com 16,6% da apuração, concede a Correa 91,1%, frente a Gutiérrez, com 2,5%, e Noboa, com 1,8%.

No Equador, a apuração oficial do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), com 77% do total contabilizado, concede 51,8% dos votos a Correa, o que consolida a reeleição do governante no primeiro turno das eleições realizadas neste domingo no Equador.

Em segundo ficou o ex-presidente Lúcio Gutiérrez, com 27,9% dos votos, seguido pelo milionário Álvaro Noboa, com 11,6%.

A apuração, que começou no domingo após o fechamento dos colégios eleitorais, também dá vantagem a Correa nos consulados da América Latina nos quais votaram os equatorianos emigrantes na região, de modo que, com 8,7% do total apurado, o líder da Aliança País obtém 72,7% dos votos.

Na região, Gutiérrez conquistou 10,2% e Noboa, 8,8%.

Por enquanto, o CNE não divulgou mais dados da região nem dos Estados Unidos ou do Canadá. EFE ic/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG