Correa expulsa funcionário de Embaixada dos EUA

Quito, 7 fev (EFE).- O presidente do Equador, Rafael Correa, fixou hoje o prazo de 48 horas para que um funcionário da Embaixada dos Estados Unidos deixe o país, após qualificar de insolente uma carta que o americano enviou ao Comando Geral da Polícia local.

EFE |

EFE sm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG