Correa elogia produtividade de reunião com Lula, Morales e Chávez em Manaus

Quito, 4 out (EFE) - O chefe de Estado do Equador, Rafael Correa, destacou hoje a produtividade da reunião que manteve com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com os governantes de Bolívia, Evo Morales, e Venezuela, Hugo Chávez, em Manaus (AM), em 30 de setembro.

EFE |

Correa se referiu aos benefícios que a execução da obra do Eixo Manta-Manaus pode trazer para o comércio, principalmente regional, já que se unirão os dois oceanos (Pacífico e Atlântico) por meios multimodais, reduzindo a necessidade de atravessar o Canal do Panamá, "que é demorado e muito caro".

Em seu programa semanal de rádio, o presidente explicou que a reunião com Lula, Morales e Chávez respondeu, entre outros assuntos, ao interesse dos líderes de participar do Eixo Manta-Manaus.

Sobre o mesmo tema, também disse que será necessário se reunir com o presidente do Peru, Alan García, para analisar as obras locais que esse país terá que fazer na parte correspondente e calculou que, "em dois anos, poderíamos ter avançado bastante no projeto, mas precisamos avançar mais rápido".

O presidente equatoriano confirmou que se reunirá com Chávez em Pastaza, uma província amazônica, no dia 28 de outubro, para fazer um acompanhamento dos acordos que este país mantém com a Petróleos de Venezuela S/A (PDVSA).

O governante equatoriano destacou que o encontro com Chávez ocorrerá na cidade do Puyo, no leste do Equador.

Na sexta-feira, o ministro de Minas e Petróleos equatoriano, Galo Chiriboga, anunciou que na visita serão analisados os temas bilaterais energéticos. EFE sm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG