O presidente do Equador, o socialista Rafael Correa, foi reeleito para um novo mandato, até 2013, no primeiro turno das eleições gerais no país, obtendo mais de 50% dos votos válidos neste domingo, segundo resultados de duas pesquisas privadas de boca-de-urna divulgadas pela televisão local.

As seções eleitorais fecharam há pouco em todo o país.

No total, 10,5 milhões de eleitores foram convocados às urnas no quarto processo eleitoral no país, nos últimos dois anos e meio, e o primeiro sob a atual Constituição, aprovada em referendo em setembro.

Além do presidente da República, estão sendo eleitos os ocupantes para cerca de 6.000 cargos, entre governadores e conselheiros municipais (vereadores) e provinciais.

SP/dk/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.