Porto Príncipe, 29 jan (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, se reuniu hoje em Porto Príncipe com seu colega haitiano René Préval, com quem concordou que as prioridades na reconstrução do país após o terremoto devem ser definidas pelo Governo do Haiti.

Os dois chefes de Estados deram uma entrevista coletiva conjunta após se reunirem durante uma hora nesta visita que Correa realiza como presidente temporário da União de Nações Sul-americanas (Unasul).

"Há muito imperialismo no dinheiro que vem ao Haiti e retorna" aos mesmos países de onde saiu, disse Correa, sem citar nenhum país.

Préval criticou o fato de que muitos projetos de ajuda ao Haiti não passam por seu Governo, mas decididos diretamente em algum outro país e depois aplicados no terreno sem a menor coordenação, nem entre as organizações de ajuda, nem com o Executivo haitiano.

Embora Correa já tivesse sobrevoado a capital haitiana, Porto Príncipe, para ter uma ideia da magnitude dos danos causados pelo terremoto, Préval insistiu em acompanhá-lo após a entrevista coletiva em um percurso de automóvel para mostrar os problemas mais de perto.

O presidente equatoriano dormirá nesta noite na base que o Equador divide com o Chile na Missão da ONU para o Haiti (Minustah) e amanhã segue para Santo Domingo. EFE fjo/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.