Correa diz que gostaria de ser músico se pudesse nascer de novo

Quito, 24 jan (EFE).- O presidente do Equador, Rafael Correa, um economista de 45 anos, afirmou hoje que, se pudesse fazer um pedido em uma nova vida, ele gostaria de ser um bom músico.

EFE |

"Se Deus me desse o privilégio de nascer de novo e escolher um desejo do que queria ser, escolheria ser um bom músico. Eu acho que a música é a melhor invenção da humanidade, mas nasci meio surdo do ouvido direito e surdo e meio do esquerdo para a música", disse.

Correa fez a declaração ao informar de uma reunião com estudantes com os quais cantou, apesar de sua voz estar prejudicada por uma faringite, afirmou.

Ele afirmou que se considera um "daltônico musical" e, em meio a risos, se declarou um "atentado à música". EFE sm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG