sacrifício aceitável - Mundo - iG" /

Correa diz que corte de produção da Opep é sacrifício aceitável

Quito, 25 out (EFE) - O presidente equatoriano, Rafael Correa, afirmou hoje que a redução da oferta de petróleo aprovada na sexta-feira pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) é, para seu país, um sacrifício bastante aceitável, mas que trará benefícios econômicos. Correa, em seu habitual programa de rádio e televisão dos sábados, indicou que a decisão da organização de reduzir a oferta de petróleo para compensar a baixa do preço da commodity também afeta seu país. O presidente lembrou que o Equador é o menor produtor de petróleo dentro da Opep e que, por isso, confia em que sua produção não seja rebaixada pela organização. Acreditávamos, sinceramente, que não reduziriam (nossa produção), mas, bom, se reduzirem em menos de 2% (...

EFE |

), é um sacrifício bastante aceitável", ressaltou.

O corte representará uma diminuição na produção diária do país de 501 mil barris a 493 mil barris, explicou Correa.

"É uma redução de pouco menos de 2%, mas, se o preço sobe 20%, é uma boa decisão; ou seja, perdemos 2% em quantidade, mas ganhamos 20% em preço", disse Correa, que é economista. EFE fa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG