Correa destaca alto crescimento econômico do Equador em 2008

Quito, 11 abr (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, destacou hoje a alta taxa de crescimento econômico de seu país em 2008, que segundo as últimas estimativas foi de 6,5%, uma das maiores da América Latina apesar da crise financeira internacional que ganhou força no último trimestre do ano passado.

EFE |

Correa destacou o desempenho da economia em 2008 apesar da queda nas atividades no setor petroleiro, o mais importante do país, pela falta de investimentos das companhias privadas que operam no Equador.

O Governo do Equador calcula que, por causa dos efeitos da crise internacional, a economia do país crescerá neste ano menos de 3%.

Correa admitiu que houve um leve aumento do desemprego no Equador e lembrou que anunciou nesta semana um plano para atenuar o problema por meio da geração de 80 mil postos de trabalho no curto prazo.

O presidente equatoriano falou também que, no começo do ano, aplicou restrições às importações para evitar problemas no balanço de pagamentos do país e empreendeu programas para incentivar a produção nacional e estratégias para buscar financiamento de organismos regionais de crédito. EFE fa/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG