manipulação - Mundo - iG" /

Correa defenderá liberdade de expressão, mas combaterá a manipulação

Quito, 20 jun (EFE).- O presidente do Equador, Rafael Correa, que mantém uma forte queda-de-braço com vários meios de comunicação, assegurou hoje que defenderá a liberdade de expressão em seu país, embora tenha destacado que combaterá a suposta manipulação da informação.

EFE |

"Vamos dar a vida pela liberdade de expressão, mas com toda energia vamos combater a pretensa liberdade de manipulação de certos meios de comunicação", assegurou Correa em seu habitual programa de rádio e televisão dos sábados.

Essas declarações foram feitas para replicar uma queixa emitida por três ex-governantes do país, que nesta semana saíram em defesa do canal "Teleamazonas", submetido a um processo administrativo no Conselho Nacional de Rádio e Televisão (Conartel).

Os ex-presidentes Osvaldo Hurtado (1981-84), Sixto Durán Ballén (1992-96) e Gustavo Noboa (2000-2004), em comunicado público esta semana em vários periódicos, acusaram o Conartel de se apoiar em uma lei da época da ditadura, nos anos 70, para empreender o processo contra a "Teleamazonas".

Os ex-governantes também assinalaram sua preocupação com as ameaças contra a liberdade de expressão no país e pela suposta "deterioração sofrida pelas instituições democráticas no Governo do presidente Correa".

De seu lado, a "Teleamazonas" advertiu que, segundo vários editorialistas, os processos do Conartel contra esse canal poderiam chegar inclusive à reversão de sua frequência ao Estado. EFE fa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG