Correa consegue 51,8% dos votos com 93,31% de apuração

Quito, 3 mai (EFE).- A apuração oficial do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), com a contagem de 93,31% dos votos, concede hoje ao presidente e candidato Rafael Correa 51,8% de apoio, o que consolidaria sua reeleição no primeiro turno das eleições de domingo passado no Equador.

EFE |

Em segundo lugar, está o ex-presidente Lúcio Gutiérrez, com 28,2% dos votos, seguido pelo milionário Álvaro Noboa, com 11,4%.

Segundo a lei, o candidato que obtiver a maioria absoluta dos votos ou 40% com uma diferença de dez pontos percentuais no primeiro turno será designado presidente.

A apuração, que começou ainda no domingo passado, também dá vantagem a Correa nos consulados da América Latina, Caribe e África, nos quais votaram os equatorianos que vivem na região. Assim, com 62,32% apurados, o líder da Aliança País consegue 60,20% dos votos, enquanto Gutiérrez alcança 12,3% e Noboa, 17,7% dos votos.

Nos votos recolhidos nos consulados dos Estados Unidos e do Canadá, onde já foram apurados 65,43%, Correa obtém 62,30%, seguido por Gutiérrez (15,05%) e Noboa (13%).

Na votação captada nas delegações diplomáticas do Equador na Europa, Ásia e Oceania, Correa também lidera a apuração, com 62,72%, com a apuração de 56,83% dos votos.

Nessa zona, Noboa, do Partido Renovador Institucional de Ação Nacional (Prian), tem 17,11%, seguido por Gutiérrez, do Sociedade Patriótica 21 de Janeiro (PSP), com 10,63%. EFE sm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG