Correa chega a Paris para falar com Sarkozy sobre reféns das Farc

Paris, 13 mai (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, chegou hoje a Paris, onde se reunirá com o chefe de Estado francês, Nicolas Sarkozy, e com pessoas próximas à franco-colombiana, Ingrid Betancourt, sob poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

EFE |

As gestões a favor da libertação de Betancourt e outros reféns das Farc aparecem como um dos principais temas que os dois presidentes abordarão em um encontro hoje no Palácio do Eliseu.

Correa, cuja visita de dois dias a Paris é a última etapa da viagem européia que já o levou a Madri e a Bruxelas, disse que seu país está disposto a prosseguir seus esforços pela libertação dos reféns, mas que "foram perdidos" todos os contatos com a direção das Farc desde a morte de "Raúl Reyes".

Reyes, que era o número dois das Farc, morreu em uma operação militar colombiana contra um acampamento da guerrilha em território equatoriano em 1º de março, o que gerou uma crise diplomática entre Colômbia, Equador e Venezuela. EFE al/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG