esquerdismo infantil da oposição - Mundo - iG" /

Correa assina lei de mineração e critica esquerdismo infantil da oposição

Quito, 19 jan (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, assinou hoje a lei de mineração e criticou em discurso o que chamou de esquerdismo infantil dos que se opõem à mesma.

EFE |

Em discurso no balcão do Palácio de Carondelet (de Governo), Correa assinou a lei mineradora com "um pequeno veto" em sua redação original, por isso o papel deverá retornar ao Legislativo para ser aprovado esta semana.

O presidente, diante de uma multidão que estava na Praça da Independência, centrou quase todo o seu discurso, de meia hora, em criticar os "pequenos grupos" indígenas e "fundamentalistas ecológicos", que devem realizar amanhã manifestações contra a lei.

Correa ressaltou que o Governo também "tem direito de resistir a que pequenos grupos absolutamente minoritários" lhes imponham "seus interesses".

"O maior perigo para nosso projeto político é o esquerdismo e o ambientalismo infantil", afirmou Correa, que assegurou que, com "o início do terceiro ano de Revolução cidadã", começa "o futuro desta pátria digna e soberana". EFE ei/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG