Correa anuncia reunião com Sarkozy em Paris para falar sobre reféns

O presidente do Equador, Rafael Correa, anunciou neste sábado que se reunirá em 13 de maio em Paris com seu colega francês, Nicolas Sarkozy, para lhe oferecer sua ajuda para libertar Ingrid Betancourt e outros reféns da guerrilha colombiana das Farc.

AFP |

"Estarei na França no dia 13 de maio para conversar com o presidente Sarkozy", declarou Correa durante seu programa semanal de rádio.

O dirigente equatoriano, que se encontrou esta semana em Quito com o chanceler francês, Bernard Kouchner, reiterou sua disposição em colaborar para uma ação humanitária que permita a libertação dos reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

"Podem contar com o Equador para qualquer ação humanitária que permita a libertação dos reféns, inclusive se esta libertação tiver que acontecer no território equatoriano", declarou.

"Penso sinceramente que o conflito colombiano não tem uma saída militar, mas uma saída política negociada. Esta também é a posição da França", garantiu Correa, afirmando ter recebido de Kouchner marcas de "apoio e simpatia".

vel/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG