Correa ameaça com prisão banqueiro por divulgar rumores falsos sobre crise

Quito, 20 dez (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, ameaçou hoje com a prisão o presidente da Associação de Bancos Privados do Equador (ABPE) por divulgar rumores falsos sobre a crise financeira e voltou a descartar que haja problemas no sistema de crédito nacional.

EFE |

A reação do governante obedece a um comunicado público que foi divulgado nesta sexta-feira nos jornais do país, no qual a ABPE expressava sua "profunda preocupação" com o futuro do sistema financeiro e com a economia nacional.

Correa, em seu relatório semanal, qualificou de "irresponsável" o comunicado da Associação de Bancos, que coincidiu com a difusão de rumores sobre possíveis medidas bancárias e financeiras por parte do Executivo.

"Comigo não vão brincar, eu não apenas uma foto na parede. Por mais figurões que seja esta gente, é bom que lembrem que é, pelo menos, uma contravenção divulgar rumores infundados", destacou Correa.

"Da próxima vez mando prender o presidente da Associação de Bancos (Fernando Pozo) por divulgar estes rumores", insistiu Correa.

EFE fa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG