Correa acusa Colômbia de impor condições para retomar relações bilaterais

Havana, 9 jan (EFE).- O presidente do Equador, Rafael Correa, acusou hoje em Cuba o Governo colombiano de querer impor condições ao país para restabelecer as relações bilaterais, rompidas desde março do ano passado.

EFE |

Após uma conferência na Universidade de Havana, jornalistas perguntaram a Correa sobre as relações com seu colega colombiano, Álvaro Uribe, ao que o governante equatoriano respondeu: "Como podem andar frente a uma agressão? E ainda querem nos impor condições para regular as relações".

"Por favor, entendam que estão tratando com um país soberano e digno", acrescentou o líder, que está em Cuba em visita oficial de três dias.

O Governo de Correa rompeu as relações diplomáticas com o de Bogotá em 3 de março de 2008, dois dias depois que militares colombianos atacaram um acampamento clandestino de guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na floresta equatoriana. EFE arj/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG