Correa aceita renuncia do ministro da área econômica

O presidente do Equador, Rafael Correa, aceitou a renúncia intempestiva do ministro coordenador da área Econômica, Pedro Páez, que participou ativamente no processo de criação do regional Banco do Sul, indicou neste sábado um funcionário do governo.

AFP |

O chefe de Estado encarregou a ministro do Desenvolvimento Social, Nathalie Cely, das funções de Pedro Páez, destacou o titular de Política, Ricardo Patiño, que não revelou as razões da demissão de Páez.

Segundo o site Ecuadorinmediato, Páez renunciou depois de 14 meses no cargo devido a divergências sobre a administração da política econômica.

O ministério do Desenvolvimento Social indicou que Cely ficará no cargo por apenas algumas horas.

SP/jb/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG