Corpos das vítimas de acidente de avião chegam à Polônia

VARSÓVIA (Reuters) - Os últimos 21 caixões com os corpos das vítimas do acidente de avião que matou o presidente polonês, Lech Kaczynski, sua esposa e outras 94 pessoas retornaram à Polônia nesta sexta-feira, quase duas semanas após o desastre. Autoridades do governo e familiares se reuniram em um aeroporto militar para acompanhar o retorno de Moscou dos caixões com os corpos que incluem o piloto do avião, o chefe da Marinha polonesa e congressistas.

Reuters |

O primeiro-ministro, Donald Tusk, leu os nomes e pequenas biografias das 21 vítimas. Os caixões serão levados para a capela em um cemitério em Varsóvia.

O chefe das Forças Armadas polonesas, 18 membros do Parlamento, três vice-ministros do governo e chefes de várias instituições públicas morreram no acidente na Rússia, em 10 de abril.

No domingo, poloneses se despediram de Kaczynski na cidade de Cracóvia, no sul do país, que realizará eleição presidencial em 20 de junho.

(Por Gabriela Baczynska)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG