Corpo do filho de Travolta deve passar por necropsia na segunda

Washington, 3 jan (EFE).- As autoridades das Bahamas planejam fazer na segunda-feira uma necropsia ao cadáver de Jett Travolta, filho de 16 anos do ator John Travolta morto ontem de forma repentina, para determinar as causas exatas da morte.

EFE |

O jovem foi encontrado inconsciente em um banheiro da residência dos Travolta na ilha de Grand Bahama, no arquipélago das Bahamas, e levado a um hospital onde se confirmou sua morte.

Jett Travolta tinha um histórico de convulsões e pode ter morrido por bater com a cabeça, após desmaiar.

Quando tinha dois anos, Jett sofreu da doença de Kawasaki, um mal que favorece uma inflamação das artérias e que pode causar danos permanentes no coração. Além disso, sofria de asma.

Jett era o filho mais velho de Travolta e de sua mulher, Kelly Preston, que têm outra filha, Ella Bleu, de oito anos.

Os quatro chegaram a Grand Bahama na terça-feira, 30 de dezembro, para passar as férias de fim de ano e planejavam ficar por lá até 9 de janeiro.

Os porta-vozes dos Travolta se recusaram a comentar o anúncio da necropsia ou os planos para o enterro, mas Michael McDermott, um advogado amigo da família, afirmou em declarações ao jornal "Star-Banner", de Ocala, na Flórida, que o funeral acontecerá nesta cidade, perto de onde os Travolta têm uma casa. EFE tb/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG