Corpo da primeira-dama da Polônia é identificado

Varsóvia, 12 abr (EFE).- Dois dias após o acidente que matou o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, e outras 95 pessoas, o corpo da primeira-dama Maria Kaczynska foi identificado.

EFE |

Assim anunciou hoje o porta-voz da Presidência polonesa, Jacek Sasin. Segundo ele, o estado de alguns corpos só permitirá a identificação por testes de DNA.

Sasin informou que ainda não está definida a data para o enterro do presidente, o que, de acordo com ele, só ocorrerá quando todos os corpos de vítimas tiverem sido levados de volta à Polônia.

Enquanto isso, o presidente interino, Bronislaw Komorowski, que ocupava a chefia do Parlamento, começa a anunciar nomeações para substituir os cargos deixados vagos pelas vítimas do acidente.

Komorowski anunciou hoje o general Stanislaw Koziej como novo chefe do Escritório de Segurança Nacional (BBN) e a Jacek Michalowski como chefe da Chancelaria presidencial.

As autoridades polonesas comunicaram que as duas câmaras do Parlamento realizarão amanhã uma sessão conjunta em memória dos mortos no acidente.

Anteriormente, Sasin tinha anunciado que Lech Kaczynski e sua mulher, Maria, serão enterrados juntos e citou como possível data para o funeral o próximo sábado.

O avião, que caiu no sábado passado durante uma manobra de aterrissagem na Rússia, levava uma delegação oficial de 96 pessoas, com Kaczysnki à frente.

Após a tragédia, foi decretado na Polônia luto de uma semana, com a maioria das atividades culturais e esportivas canceladas. EFE jcb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG