Coreias não chegam a acordo sobre parque industrial

Seul - As duas Coreias não chegaram a um consenso para fixar uma nova rodada de reuniões sobre o complexo industrial conjunto de Kaesong (na Coreia do Norte), pois Seul se opôs ao pedido de aumento salarial dos norte-coreanos, informou hoje a agência sul-coreana Yonhap.

EFE |

Segundo o porta-voz do Ministério da Unificação sul-coreano, Chun Hae-Sung, as duas Coreias não diminuíram as diferenças, apesar de terem passado várias horas reunidas.

O encontro de dois dias, que tinha encerramento previsto para a tarde de quarta-feira, acabou se estendendo até o início da noite, principalmente pela insistência da Coreia do Norte pelo aumento dos salários de seus trabalhadores no complexo.

A Coreia do Sul, por sua vez, pediu aos vizinhos do Norte para, antes disso, construir uma residência para os trabalhadores, assim como maior agilidade na comunicação e na passagem pela fronteira de seu pessoal e mercadorias.

Os países não marcaram a próxima reunião para seguir debatendo o desenvolvimento do complexo industrial de Kaesong, onde operam mais de uma centena de empresas sul-coreanas que empregam cerca de 40 mil trabalhadores norte-coreanos.

Apesar do fracasso do encontro, o Ministério da Unificação sul-coreano avaliou positivamente o fato de as duas partes terem mantido um diálogo sério e prático, que transcorreu de forma aberta.

Leia mais sobre: Coreia do Sul - Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coreiacoréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG