Seul, 19 dez (EFE).- A Coréia do Sul completou hoje a retirada das tropas que mantinha no Iraque com a chegada hoje, a Seul, de seu último contingente militar, após quatro anos de missão no país árabe, informou a agência sul-coreana de notícias Yonhap.

Os 519 soldados procedentes de Iraque chegaram ao aeroporto militar de Seul e foram recebidos pelo ministro da Defesa sul-coreano, Lee Sang-hee, e outras autoridades militares.

Os soldados foram levados a um hospital militar para passar por uma revisão médica antes de assistir à cerimônia de boas-vindas presidida pelo primeiro-ministro sul-coreano, Han Seung-soo.

Em discurso, o primeiro-ministro ressaltou a necessidade de o Exército sul-coreano ampliar sua missão de segurança no mundo.

Por sua parte, o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, fez uma visita não programada aos soldados do Iraque para agradecer pelo cumprimento de sua missão.

A Coréia do Sul enviou em 2004 seu primeiro contingente de 3.800 soldados à província iraquiana de Erbil para a reconstrução do país árabe.

Apesar da forte polêmica aberta na sociedade sul-coreana a favor e contra do desdobramento, o Governo de Seul aprovou em duas ocasiões a prorrogação de um ano da presença de suas tropas no Iraque. EFE ce/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.