Coreia do Sul pede à Alemanha apoio para início do TLC com UE

Seul, 8 fev (EFE).- O presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, pediu hoje a seu colega alemão, Horst Köhler, a colaboração de seu país para o pronto início do Tratado de Livre-Comércio (TLC) firmado no ano passado entre Seul e a União Europeia (UE).

EFE |

Ambos os líderes se reuniram hoje em Seul no marco de uma visita de quatro dias de Köhler ao país asiático, a primeira de um presidente alemão desde 2002, informou a agência "Yonhap".

Coreia do Sul e UE, o segundo parceiro comercial de Seul depois da China, encerraram em julho do ano passado as negociações para um TLC e assinaram o pacto em outubro de forma provisória, com a pretensão que seja efetivo em 2010.

Ambas as partes esperam formalizar o tratado comercial por volta de março deste ano com vistas a entrar em vigor na segunda metade do ano.

Segundo a Casa Presidencial sul-coreana, Lee pediu também o apoio do Governo alemão para a cúpula do Grupo dos Vinte (G20) que será realizada em novembro em Seul, enquanto Köhler ressaltou a necessidade de que Coreia do Sul e Alemanha desempenhem um "papel construtivo" no estabelecimento de uma nova ordem econômica mundial.

Os líderes acertaram também estreitar sua cooperação para impulsionar a unificação da península coreana e colaborar em temas globais como a reconstrução do Afeganistão e a mudança climática.

EFE ce/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG