Coréia do Sul inspecionará aeroportos após foco de gripe aviária em Hong Kong

Seul, 10 dez (EFE).- O Governo da Coréia do Sul informou hoje que intensificou os controles de gripe aviária nos aeroportos e portos do país, após o foco desta doença registrado em Hong Kong, segundo a agência sul-coreana de notícias Yonhap.

EFE |

O Ministério de Alimentação e Agricultura sul-coreano ordenou aos inspetores de alfândegas que revistem cuidadosamente as pessoas e a bagagem procedente de Hong Kong.

Além disso, o Governo pediu que todos os produtores avícolas do país tomem medidas de prevenção para descontaminar suas instalações e a que observem se há alguma morte repentina em suas aves.

As autoridades sul-coreanas também deverão desinfetar freqüentemente os veículos utilizados para transportar aves.

Apesar do alerta de gripe aviária se intensificar no inverno (hemisfério norte), a Coréia do Sul vigia durante todo o ano os focos desta doença.

O último foco do vírus H5N1 foi registrado em abril, quando cerca de 8,46 milhões de aves foram sacrificadas, o que representou perdas de US$ 176 milhões.

No entanto, nesse último foco, não houve casos de infecção entre pessoas.

Os focos anteriores ocorreram nos invernos de 2003 a 2004 e de 2006 a 2007.

Segundo a "Yonhap", cerca de 240 pessoas em 48 países morreram por causa da gripe aviária. EFE ce/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG