A Coreia do Sul homenageou nesta quinta-feira os 46 marinheiros mortos no fim de março em um acidente de causas ainda misteriosas, mas que pode ter sido provocado por um torpedo da Coreia do Norte." /

A Coreia do Sul homenageou nesta quinta-feira os 46 marinheiros mortos no fim de março em um acidente de causas ainda misteriosas, mas que pode ter sido provocado por um torpedo da Coreia do Norte." /

Coreia do Sul homenageia oficiais mortos em naufrágio

A Coreia do Sul homenageou nesta quinta-feira os 46 marinheiros mortos no fim de março em um acidente de causas ainda misteriosas, mas que pode ter sido provocado por um torpedo da Coreia do Norte.

AFP |

A Coreia do Sul homenageou nesta quinta-feira os 46 marinheiros mortos no fim de março em um acidente de causas ainda misteriosas, mas que pode ter sido provocado por um torpedo da Coreia do Norte.

Todas as bandeiras foram hasteadas a meio pau e as pessoas respeitaram um minuto de silêncio pelas vítimas no funeral realizado na base naval de Pyongtaek (70 km ao sul de Seul).

A "Cheonan", uma corveta de 1.200 toneladas, afundou em 26 de março depois de uma explosão misteriosa que dividiu a embarcação em duas perto da ilha de Baengnyeong, nas proximidades da fronteira marítima com a Coreia do Norte.

Seul ainda aguarda os resultados de uma investigação internacional que determine a causa do desastre naval, o mais grave na história recente do país.

A Coreia do Sul não acusou oficialmente a Coreia do Norte, mas o ministro da Defesa de Seul afirmou que um ataque com torpedo era uma das causas mais prováveis do naufrágio.

O regime de Pyongyang nega qualquer envolvimento.

bur/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG