Coreia do Sul exige que o Norte pague custos do bloqueio

SEUL - A Coreia do Sul exigiu na segunda-feira que a Coreia do Norte arque com os prejuízos decorrentes do bloqueio a um parque industrial que fica no território do país comunista, uma decisão que deve agravar a tensão na península.

Reuters |


Na semana passada, o Norte bloqueou o acesso fronteiriço ao parque industrial, que pertence a empresas sul-coreanas e aproveita a força de trabalho barata do Norte - com salários que são depositados diretamente na conta do regime comunista.

"É muito lamentável que a Coreia do Norte tenha imposto uma restrição de acesso e um bloqueio. Nosso governo está deixando claro agora essa responsabilidade por todos os incidentes, inclusive a produção perdida e os prejuízos econômicos das nossas empresas", disse Kim Ho-nyeon, porta-voz do Ministério da Unificação, em nota.

O Norte tem adotado uma retórica cada vez mais agressiva contra o governo conservador sul-coreano, e a nova medida coloca em dúvida a única grande cooperação econômica entre as duas Coreias.

"Se as livres transferências dos nossos funcionários e o transporte de produtos não forem garantidos no futuro, não podemos esperar um desenvolvimento estável do parque industrial de Kaesong," disse Kim.


Leia mais sobre Coreia do Sul - Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréias

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG