Coreia do Sul espera melhorar relação com o novo Governo japonês

Seul, 31 ago (EFE).- A Coreia do Sul manifestou hoje seu desejo de melhorar as relações com o novo Governo japonês que se formará nos próximas semanas, após a vitória do Partido Democrático (PD) nas eleições gerais deste domingo.

EFE |

"Esperamos que a escolha do PD seja uma ocasião para melhorar as relações entre Coreia do Sul e Japão", afirmou um porta-voz da Casa Presidencial sul-coreana, citado pela agência local "Yonhap".

O porta-voz sul-coreano opinou que o resultado destas eleições parlamentares reflete o desejo do povo japonês de "Mudança e Reforma".

O PD alcançou a maioria absoluta com 308 cadeiras nas eleições parlamentares realizadas / celebradas no domingo, frente a 119 assentos obtidos por seu rival, o Partido Liberal Democrático (PLD), a força dominante no Japão durante 54 anos.

O Partido Liberal Democrático (PLD), a força dominante no Japão durante 54 anos desenhou as diretrizes da diplomacia do Japão durante anos, nas quais as relações com Seul ocupam um lugar primordial e que às vezes foram difíceis por causa do passado de ambos os países.

O primeiro-ministro japonês, Taro Aso, estreitou no entanto as relações com Seul desde a vitória nas presidenciais sul-coreanas do conservador Lee Myung-bak no final de 2007.

O líder do PD, Yukio Hatoyama, deve assumir o cargo como novo primeiro-ministro do Japão em meados de setembro e fortalecer os laços econômicos e comerciais com a Coreia do Sul.

Segundo a "Yonhap", a Coreia do Sul proporá uma cúpula bilateral entre o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, e o novo líder japonês no marco da cúpula do Grupo dos Vinte (G20), que será realizada em Pittsburgh (EUA) no dia 24 de setembro. EFE ce/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG