Coréia do Sul descarta reunião com representantes japoneses em meio a disputa territorial

A Coréia do Sul rejeitou a proposta japonesa de manter conversações entre as chancelarias de ambos os países durante um fórum regional em Cingapura na próxima semana, devido a uma disputa territorial em torno de ilhotas localizadas no Mar do Japão, informou uma fonte do governo nesta quinta-feira.

AFP |

Seul rejeitou a idéia depois que o Japão reafirmara na segunda-feira passada sua soberania sobre ilhas controladas pela Coréia do Sul, indicou a fonte à AFP.

O Ministério japonês da Educação divulgou na segunda-feira instruções que recomendam que os professores insistam que essas ilhas, conhecidas como Takeshima no Japão e Dokdo na Coréia do Sul, pertencem ao Japão.

Seul reagiu energicamente retirando seu embaixador em Tóquio. Além disso, o presidente Lee Myung-Bak descartou qualquer compromisso diplomático sobre a questão.

Durante o fórum anual da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), o ministro sul-coreano das Relações Exteriores Yu Myung-Hwan se reunirá com seus colegas de Estados Unidos, Rússia e China.

lim/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG