Coreia do Sul confirma 3º caso da gripe

Seul, 7 mai (EFE).- As autoridades de saúde sul-coreanas confirmaram hoje o terceiro caso de gripe suína na Coreia do Sul, menos de uma semana depois de ter sido registrada a primeira ocorrência de infecção por este novo vírus no país asiático.

EFE |

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

A nova vítima é uma mulher de 62 anos que retornou recentemente dos Estados Unidos no mesmo voo que a primeira paciente confirmada de gripe na Coreia do Sul, uma freira de 51 anos que voltou do México, segundo disse o Centro de Controle e Prevenção de Doenças sul-coreano.

As autoridades acreditam que o contágio tenha ocorrido por contato humano no avião, mas explicaram que não é possível descartar que o vírus tenha sido contraído nos EUA.

O novo caso foi confirmado na madrugada desta quinta-feira (hora local), mas a paciente deve receber alta hoje mesmo, após ter ficado isolada em um hospital militar durante três dias para evitar um possível contágio do vírus, disseram as fontes.

Até o momento, um total de 172 pessoas apresentaram sintomas suspeitos da gripe suína na Coreia do Sul. A maioria delas foram descartadas, mas 20 estão atualmente sob exame médico. EFE ce/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG