Coréia do Sul concederá indultos a mais de 340 mil condenados

Seul - O governo da Coréia do Sul anunciou hoje que concederá indultos a 341. 864 presos, a maioria dos quais cumpria penas por crimes financeiros e políticos, incluindo vários líderes empresariais do país.

EFE |

O perdão especial ocorrerá em 15 de agosto, por ocasião do 63ª aniversário da independência da colonização japonesa.

Segundo a Casa Presidencial, o presidente Lee Myung-bak indultará um total de 341.864 pessoas, com o objetivo de criar um ambiente de harmonia social e acelerar os esforços para revitalizar a economia do país.

No total, 74 líderes empresariais e outros 200 empresários procedentes de pequenas e médias empresas fazem parte da lista dos beneficiados.

Na lista figura o presidente da Hyundai, Chung Mong-koo, condenado a trabalhos comunitários pelo desvio de fundos e por transferir de forma fraudulenta ações da companhia.

Leia mais sobre Coréia do Sul

    Leia tudo sobre: coréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG