Coreia do Norte voltará a realizar disparos em fronteira com o Sul

Seul - A Coreia do Norte notificou a Coreia do Sul que, durante três dias a partir deste sábado, vai realizar testes de artilharia em águas do Mar Ocidental (Mar Amarelo) e do Mar do Leste (Mar do Japão), informou hoje a agência sul-coreana Yonhap.

EFE |

Para isso, Pyongyang delimitou temporariamente seis novas zonas de exclusão marítima, quatro delas no Mar Ocidental e outras duas no Mar do Leste, segundo a "Yonhap", que publica informações divulgadas pelo Instituto Nacional de Investigação Oceanográfica de Seul.

As zonas estão em águas norte-coreanas, perto da Linha do Limite do Norte (NLL, na sigla em inglês), traçada após a Guerra da Coreia (1950-1953), que marca a fronteira entre os países e é contestada por Pyongyang.

O Ministério de Defesa sul-coreano informou que, por enquanto, não foi detectada nenhuma atividade militar incomum por parte dos vizinhos.

O último aviso da Coreia do Norte acontece menos de um mês depois que foram realizados disparos de artilharia durante três dias na região da fronteira marítima o Sul no mar Ocidental, em "manobras militares anuais", segundo Pyongyang.

Na ocasião, as forças de Seul responderam com fogo de advertência ao primeiro dia de disparos, sem que fossem registrados danos pessoais ou materiais em nenhum dos dois lados.

Acredita-se que a Coreia do Norte realizou, entre 27 e 29 de janeiro, cerca de 350 disparos na região da fronteira marítima com o Sul.

Leia mais sobre: Coreia do Sul - Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coreiacoréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG