Coreia do Norte testou novo modelo de míssil que pode chegar ao Japão

Seul, 6 jul (EFE).- A Coreia do Norte lançou sete mísseis balísticos de tipo Scud no sábado, incluindo três mísseis Scud-ER, com um alcance de mil quilômetros e que podem chegar ao Japão, informou hoje o jornal sul-coreano Chosun Ilbo.

EFE |

Segundo uma fonte do Governo de Seul citada pelo jornal sul-coreano, a Coreia do Norte realizou o lançamento de dois mísseis do tipo Scud de 500 quilômetros de alcance, dois Rodong de 1,3 mil quilômetros e três novos mísseis Scud-ER de mil quilômetros, não testados anteriormente.

O novo Scud-ER representa uma ameaça para o Japão, por ser uma versão melhorada em alcance e pontaria de um míssil convencional Scud, segundo o jornal sul-coreano.

Entre sexta-feira e sábado (hora de Brasília), a Coreia do Norte lançou um total de sete mísseis balísticos a partir da base militar de Gitdaeryong, situada no sudeste da Coreia do Norte.

O diário sul-coreano "Dong-a Ilbo" estima que a Coreia do Norte gastou cerca de US$ 43 milhões no lançamento desses sete mísseis.

Este ano, a Coreia do Norte lançou um total de 18 mísseis, incluindo um foguete de longo alcance em 5 de abril, que pode ter custado cerca de US$ 300 milhõess.

O jornal sul-coreano estima que a Coreia do Norte gastou US$ 353 milhões no lançamento de mísseis em 2009, enquanto o teste nuclear pode ter custado ao regime comunista US$ 400 milhões. EFE ce/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG