Coreia do Norte se diz pronta para guerra

Seul - Pyongyang advertiu nesta terça-feira que seu Exército está preparado para uma guerra, como resposta às manobras militares que Coreia do Sul e Estados Unidos realizarão de forma conjunta na próxima semana.

EFE |

As forças militares norte-coreanas estão "em plena preparação para mobilizar seus combatentes perante qualquer provocação inimiga que afete a segurança da nação", afirma o diário oficial norte-coreano "Minju Joson", citado pela agência sul-coreana de notícias "Yonhap".

O jornal norte-coreano diz ainda que as manobras são uma "grave ameaça militar" destinada a provocar um novo conflito armado na península, que se encontra tecnicamente em guerra desde que em 1953 foi assinado um armistício e não um tratado de paz para pôr fim a três anos de enfrentamento.

As manobras conjuntas acontecerão entre 9 e 20 de março como parte dos exercícios que militares de Coreia do Sul e EUA fazem anualmente.

Na ocasião, os EUA devem mobilizar 26 mil de seus mais de 28 mil soldados desdobrados na Coreia do Sul e um porta-aviões de propulsão nuclear para testar sua capacidade de ação perante uma eventual invasão por parte da Coreia do Norte.

As relações entre as duas Coreias sofreram um forte revés desde que o conservador Lee Myung-bak assumiu a Presidência sul-coreana há um ano.

A tensão se intensificou nas últimas semanas, depois que Pyongyang anulou todos os acordos de não confronto político e militar com seu vizinho do sul, em protesto contra a política do governo Lee.

Está previsto que o novo emissário dos Estados Unidos para a Coreia do Norte, Stephen Bosworth, inicie esta semana uma viagem por China, Japão e Coreia do Sul para discutir o conflito norte-coreano.

Leia mais sobre: Coreia do Sul - Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG