A Coreia do Norte afirmou neste sábado que retomou o tratamento de barras de combustível nuclear para fabricar plutônio de nível militar, em uma aparente reação às sanções internacionais por seu controverso lançamento de um foguete.

"O tratamento de barras de combustível irradiadas procedentes de um reator experimental começou, conforme anunciou um comunicado de 14 de abril do ministério das Relações Exteriores", declarou um porta-voz da chancelaria norte-coreana à agência oficial Korean Central News Agency (KCNA).

"Isto contribuirá para reforçar a capacidade de dissuasão nuclear para garantir nossa defesa por todos os meios para enfrentar as crescentes ameaças das forças hostis", acrescentou o porta-voz.

ckp/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.