Coreia do Norte realiza teste nuclear; ONU vai se reunir

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte realizou um teste nuclear nesta segunda-feira, despertando tensão no leste asiático e levando os membros do Conselho de Segurança da ONU a convocarem uma reunião de emergência. O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, afirmou que a Coreia do Norte é um perigo para o mundo, e a Rússia disse que o ato desafiador norte-coreano era semelhante em força à bomba atômica lançada pelos EUA sobre a cidade japonesa de Nagasaki em 1945 no final da 2a Guerra Mundial.

Reuters |

O teste deve aumentar a perplexidade da comunidade internacional, que tem tentado nos últimos anos uma série de duras sanções e promessas de ajudas para tentar convencer a empobrecida Coreia do Norte a desistir de construir um arsenal nuclear.

As notícias do teste abalaram os mercados financeiros na Coreia do Sul, derrubando o principal índice da bolsa de valores em 6 por cento em determinado momento.

O Conselho de Segurança da ONU vai realizar uma reunião de emergência ainda nesta segunda-feira sobre o teste nuclear, disse o embaixador russo na Organização das Nações Unidas.

O ministério da Defesa da Rússia disse que a explosão foi de 20 quilotons, quase da mesma intensidade que a bomba atômica norte-americana de 1945.

(Por Jonathan Thatcher)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG