Coréia do Norte propõe negociações militares com Coréia do Sul

Seul, 26 set (EFE) - A Coréia do Norte propôs hoje à Coréia do Sul que sejam realizadas conversas militares na próxima semana, segundo informaram fontes norte-coreanas citadas pela agência sul-coreana Yonhap.

EFE |

Segundo fontes anônimas da Defesa norte-coreana, o regime comunista de Pyongyang informou que pediu nesta quinta-feira a seu vizinho do sul, através do canal de comunicação militar, que sejam realizadas negociações militares para a "implementação de acordos já conseguidos".

Por enquanto, a Coréia do Sul não respondeu à oferta da Coréia do Norte, segundo a "Yonhap".

Se isso ocorresse, seria a primeira vez que se realizam conversas intercoreanas oficiais desde que o conservador Lee Myung-bak assumiu a Presidência da Coréia do Sul, pois ele é considerado inflexível em suas posições em direção à Coréia do Norte.

A repentina proposta de Pyongyang ocorre quando o regime comunista está aumentado a pressão para um possível reatamento de seu programa nuclear.

Na quarta-feira, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) anunciou que a Coréia do Norte tinha retirado todos os lacres da ONU da instalação de Yongbyon, seu principal reator nuclear, para introduzir em um período de uma semana material nuclear. EFE ce/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG