A Coréia do Norte proibiu novas inspeções em sua central nuclear de Yongbyon, informou nesta quarta-feira uma porta-voz da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

A República Democrática Popular da Coréia informou que a partir de agora os inspetores da AIEA já não terão acesso à usina de reprocessamento de material nuclear, segundo Melissa Fleming en Viena.

Pyongyang também informou à AIEA que no período de uma semana voltará a introduzir material nuclear em sua central de Yongbyon.

O país asiático já retirou as travas de segurança e as câmaras de vigilância da AIEA na usina, segundo Fleming em Vina, onde os diretores da AIEA realizam sua reunião nesta semana.

spm/js/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.