Coreia do Norte posicionou míssil em rampa de lançamento, dizem oficiais dos EUA

A Coreia do Norte posicionou um míssil Taepodong em uma plataforma de lançamento, onde ocorreria o lançamento de um satélite de comunicação entre os dias 4 e 8 de abril, informaram oficiais dos Estados Unidos.

Redação com agências internacionais |

A Coreia do Norte já havia anunciado, em fevereiro, sua intenção de lançar um satélite de comunicação.

Os governos de países da região estão preocupados que o satélite seja uma desculpa para lançar um míssil de longo alcance capaz de atingir o Alasca. Dennis Blair, diretor da Inteligência Nacional dos Estados Unidos, havia dito no começo deste mês que havia sinais de que a Coreia do Norte realmente iria lançar um satélite.

De acordo com a agência AP, provavelmente não haverá certeza se a Coreia lançará um satélite ou um míssil até que a distância do alcance seja medido após o evento. A diferença entre o lançamento de ambos é perceptível.

O Conselho de Segurança japonês se reunirá nesta semana para se preparar para a eventual derrubada de um míssil norte-coreano caso este constitua uma ameaça para o território japonês, anunciou nesta quarta o primeiro-ministro Taro Aso.

O regime comunista norte-coreano já provocou uma crise internacional em 1998 ao disparar um míssil de longo alcance do tipo Taepodong-1, que sobrevoou parte do Japão antes de cair no Oceano Pacífico.

(Com informações da AFP e AP)

Leia mais sobre míssil

    Leia tudo sobre: missilmíssil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG