Coreia do Norte liberta jornalistas após intervenção de Clinton

Washington, 4 ago (EFE).- A Coreia do Norte perdoou Laura Ling e Euna Lee, as jornalistas americanas detidas no país, depois que o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton viajou à península norte-coreana para tramitar a libertação das repórteres, informaram meios de comunicação sul-coreanos citados nos EUA.

EFE |

EFE cae/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG